top of page

Reunião do Observatório dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate

No dia 28 de março, o Observatório dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate realizou a segunda reunião presencial desde a inauguração da entidade no município de Pinhão-PR. A reunião foi fruto de uma discussão ao longo dos anos de 2021 e 2022 do Grupo do Trabalho de Cooperativa e Certificação do Observatório e da reunião presencial do GT que aconteceu durante o 3º Seminário Internacional de Fortalecimento de Agroecologia em Curitiba em dezembro de 2022.


Durante a reunião em dezembro foi reforçada a importância de alcançar melhor engajamento com os agricultores em volta das possibilidades de desenvolver ações de solidariedade e cooperativas relacionadas à produção de erva-mate tradicional e agroecológica. Naquele momento os representantes do Pinhão se colocaram à disposição para ajudar a realizar esse encontro no município devido a recente implementação da lei municipal de apoio a Cadeia Produtiva de Erva-mate.


A reunião contou com a presença de organizações locais de erveiros e de representantes do poder público municipal. Após as boas vindas do Prefeito Valdecir Biasebetti e o Secretário Municipal de Agricultura Rosmário Ramos dos Santos, o representante do projeto “Ouro Verde Nosso Mate” Beraldo Amaral iniciou o evento com uma fala contanto a trajetória do grupo e a criação da Lei Municipal da Cadeia Produtiva de Erva-mate do Pinhão.


Evelyn Nimmo (CEDErva) deu segmento a conversa apresentando o Observatório dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate, explicando a trajetória do desenvolvimento da entidade e a importância da participação de todos os membros. Marcello Broggio, da FAO Brasil, trouxe explicações sobre o Programa SIPAM, exibindo imagens e relatos de outras regiões pelo mundo que já são consideradas “Sistemas Importantes para Patrimônio Agrícola Mundial”.


Posteriormente Evelyn Nimmo, coordenadora da candidatura do Projeto SIPAM dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate apresentou para o grupo a história como foi desenvolvido a candidatura e as ações a serem implementadas ao longo dos primeiros cinco anos como início do programa. Na fala seguinte, André Lacerda da Embrapa Florestas relatou sobre as pesquisas com sistemas de erva-mate tradicional e as oportunidades de restauração das florestas baseadas nos conhecimentos e práticas dos sistemas tradicionais. Concluindo as falas, Nelson Dias da Silva, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São João do Triunfo e FETRAF-Paraná falou sobre o desenvolvimento do GT de Cooperativa e Certificação e as discussões em volta da cooperativa da erva-mate.


Após o almoço, o grupo se encaminhou para a propriedade do Sr. Nelson de Almeida. Caminhando pelas ervas de seu Nelson o grupo dialogou sobre alternativas para como lidar com a curuquerê, uma lagarta que vem atacando o seu erval e outras propriedades no município. A visita ao agricultor promoveu a oportunidade de dialogar sobre o manejo do erval, os desafios enfrentados no município e as oportunidades de organização e comercialização.


O evento agregou a participação de várias associações e grupos de agroecologia e agricultores do município e da região, incluindo membros de comunidades faxinalenses em Pinhão, São Mateus do Sul e Turvo, associações como Assintral, COAFAPI e a AOPA do Tijucas do Sul. A reunião foi organizada pelo Sindicato de Trabalhadores de Agricultura Familiar do Pinhão, o Comitê Gestor do Programa Municipal de Incentivo à Cadeia Produtiva da Erva-mate no Município de Pinhão, e o CEDErva, com apoio da prefeitura do Pinhão e o Ministério Público do Trabalho do Paraná.


Agradecemos muito a participação de todos os agricultores e agricultoras, erveiros e erveiras, e membros das entidades do Observatório, especialmente o seu Nelson e dona Sirlei de Almeida pelo acolhimento e lanche maravilhoso na propriedade em Laranjal.


Para assistir a reunião na íntegra, clique aqui.



Fotos: Equipe CEDErva.

Comentarios


bottom of page